Edital de seleção para o curso preparatório para pós-graduação Projeto Travessia

Edital de seleção ao curso preparatório para pós-graduação

Projeto Travessia

O Travessia – Curso preparatório para a pós-graduação torna público que, no período de 09 de maio a 21 de maio de 2018, estarão abertas as inscrições para candidatos a cursistas. O curso ocorrerá na modalidade presencial, com aulas de segunda-feira a sexta-feira no período noturno. Será exigido do(a) cursista a participação em algum dos grupos de estudos existentes na Universidade Federal de Goiás (UFG) ou em outras instituições de ensino superior, preferencialmente voltados para a discussão das temáticas étnico-raciais, de gênero e sexualidades.

  1. Informações Gerais

O projeto “Travessia – Curso Preparatório para a Pós-Graduação a nível de Mestrado” é uma iniciativa de ação afirmativa que tem como objetivo viabilizar o acesso de estudantes com condições de competição menos favoráveis à pós-graduação stricto sensu em nível de mestrado. A necessidade do curso se evidencia quando analisamos os resultados de processos seletivos dos programas de Pós-Graduação da Universidade Federal de Goiás (UFG) e verificamos que, mesmo após a adoção de cotas em 2015, por meio da Resolução Consuni Nº 07/2015, a entrada de estudantes pretos, pardos e indígenas ainda representa uma pequena porcentagem e, na maioria dos casos, a reserva de 20% das vagas não é totalmente acessada. O curso é oferecido por um grupo de estudantes de pós-graduação e professores, com apoio do Núcleo de Estudos Afrodescendentes e Indígenas (NEADI) da UFG e em colaboração com o Núcleo de Pesquisa em Comunicação e Diferença da FIC (Pindoba), o Laboratório de Estudos de Gênero, Étnico-raciais e Espacialidades da UFG (LaGENTE-IESA), o Laboratório de Pesquisas em Educação, Química e Inclusão (Lpeqi), o Obiah – Grupo Transdisciplinar de Estudos Interculturais da Linguagem e o Laboratório Magnífica Mundi, da Faculdade de Informação e Comunicação da UFG.

2. Conteúdos do Curso

O curso será composto por oficinas de Leitura e produção de textos acadêmicos; Leitura de textos acadêmicos em língua estrangeira (Inglês); Metodologias de pesquisa e Orientação Pré-Acadêmica.

2.1 O curso será composto por duas etapas:

  1. Oficinas de Leitura e produção de textos acadêmicos; Leitura de textos acadêmicos em língua estrangeira (Inglês) e Metodologias de pesquisa;
  2. Tutorias com pesquisadores/as da área e, preferencialmente, do programa em que o/a candidato/a deseja se inserir. O/a tutor/a vai acompanhar o/a candidato/a na elaboração do projeto e preparação para as provas.

2.2 Além das atividades regulares do curso, os/as candidatos/as deverão, obrigatoriamente, participar de algum dos grupos de estudos existentes na Universidade Federal de Goiás (UFG) ou em outras instituições de ensino superior, preferencialmente voltados para a discussão das temáticas étnico-raciais, de gênero e sexualidade.  

2.3 As aulas vão ocorrer no Campus I da UFG (Setor Universitário), de segunda-feira a sexta-feira, no período noturno.

3. Quem pode se candidatar

O/a candidato/a deve:

  1. Ter diploma de graduação em curso superior reconhecido pelo MEC, ou
  2. Estar cursando o último ano da graduação em curso superior reconhecido pelo MEC e apresentar declaração de possível formando;

3.1 Terão prioridade os estudantes que tiverem perfil para ingressar por cotas na pós-graduação da UFG, conforme Resolução Consuni/UFG Nº 07/2015.

3.2  A seleção vai priorizar ainda integrantes de um ou mais dos grupos que, sistematicamente, têm tido acesso restrito ao ensino superior, a exemplo de negros, indígenas, quilombolas, LGBTTQI e egressos de escolas públicas.

4. Etapas do processo seletivo

O processo de seleção ocorrerá em três etapas, sendo:

  1. Inscrição via formulário online disponível no endereço: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfyBITouIVuKHL6RPIiMy7fmAcMIXjJ7Uz5up3jo30boSDBuw/viewform
  2. Análise da documentação comprobatória das informações apresentadas no ato da entrevista de seleção (Etapa eliminatória);
  3. Entrevista em que será verificada a intenção do/a candidato/a em relação ao curso e se este/a tem disponibilidade para participar das atividades (Etapa classificatória).

4.1 A seleção dos candidatos considerará os seguintes critérios:

– Ser beneficiário(a) de Programas Sociais do Governo Federal (Bolsa família; Benefício de Prestação Continuada (BPC); Minha Casa, Minha Vida; Passe Livre para pessoas com deficiência);

–  Negro(a);

–  Indígena;

– Quilombola;

– LGBTTQI;

– Ter sido estudante de escola pública no ensino médio;

– Graduação concluída ou a ser concluída em 2018;

– Renda per capta de até meio salário mínimo ou renda familiar de até dois salários mínimos;

– Ter disponibilidade para assistir aulas noturnas no Setor Universitário;

– Ser morador(a) de Goiânia ou região metropolitana.

4.2 Bolsa não é considerada como renda.

4.3 Os critérios descritos acima são classificatórios, portanto o não preenchimento de algum requisito não exclui o(a) candidato(a).

4.4 A documentação para comprovação das informações apresentadas no formulário deverá ser entregue no dia da entrevista.

4.5 A documentação necessária para comprovação será indicada em anexo (Anexo I)  a este edital.

4.6 O número de candidatos/as selecionados/as será o equivalente ao dobro do número de vagas.

5. Número de vagas

O curso oferece 15 vagas para cursistas e haverá formação de cadastro de reserva.

6. Cronograma

Inscrições: 08 de maio a 21 de maio de 2018

Publicação das convocações para entrevista: 23 de maio

Entrevistas: 25 de maio a 29 de maio de 2018

Publicação do resultado final: 01 de junho de 2018

Início das aulas da primeira etapa: 4 de junho de 2018

Duração das aulas da primeira etapa: 4 de junho a 28 de julho de 2018

Duração da segunda etapa (tutoria): Até a conclusão do processo seletivo de pós-graduação em que o candidato vai participar.

7. Observações

7.1 Informações adicionais podem ser solicitadas via e-mail para o endereço: projetotravessiacurso@gmail.com

7.2  Os casos omissos serão tratados pela coordenação do curso.

Goiânia, 9 de maio de 2018

ANEXO I

  1. Documentos obrigatórios para todos os candidatos:

a) Comprovante de conclusão de curso superior ou declaração de provável formando em 2018.

b) Documento de identidade com foto.

  1. Para a comprovação de Escola Pública:  

2.1) Histórico escolar do Ensino Médio (original e uma fotocópia), comprovando ter estudado integralmente (1º, 2º e 3º anos) o Ensino Médio em Escola Pública, inclusive para os candidatos que tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA, ou de exames de certificação de competência, ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino, OU declaração da escola, comprovando que o candidato cursou integralmente (1º, 2º e 3º anos) o Ensino Médio em escola pública (original e/ou fotocópia).

2.2) Caso o candidato tenha estudado em escola pública extinta e não possua Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente, devidamente registrado, e histórico escolar, deverá apresentar no ato Matrícula presencial documento expedido pelo Acervo de Escolas Extintas que comprove a conclusão do Ensino Médio (1º, 2º e 3º anos) ou de curso equivalente em escola pública (original e/ou fotocópia).

  1. Para comprovação de renda familiar bruta per capta de até meio salário mínimo per capta ou renda familiar bruta de até três salários mínimos:

a) Para comprovar que faz jus à condição de renda familiar bruta per capta até meio salário mínimo ou renda familiar bruta de até três salários mínimos, o candidato deverá informar no ato da entrega da documentação quantas pessoas compõem a sua família e quantas pessoas recebem renda na sua família. Considera-se família a unidade nuclear composta por uma ou mais pessoas, eventualmente ampliada por outras pessoas que contribuam para o rendimento ou tenham suas despesas atendidas por aquela unidade familiar, todas moradoras em um mesmo domicílio;

3.1 Deverão ser apresentados os seguintes documentos originais, não havendo necessidade de fotocópias sempre e quando os originais de todos os membros da família possam ser apresentados:

a) Documento de identidade do candidato e dos membros que compõem o núcleo familiar (principalmente pai, mãe e irmãos) e daqueles com quem vive atualmente no mesmo domicílio, se for o caso.

b) Carteira de Trabalho e Previdência Social de todos os membros que compõem o núcleo familiar (principalmente pai, mãe e irmãos) e daqueles que vivem no mesmo domicílio (originais e/ou fotocópias das páginas que identificam o trabalhador e os registros de trabalho, bem como a página subsequente ao último registro de trabalho).

I. Para trabalhadores Assalariados: 1) Contracheques de pelo menos três meses anteriores ao início das inscrições – fevereiro, março e abril de 2018 (originais e/ou fotocópias); 2)  Extratos bancários de pelo menos três meses anteriores ao início das inscrições – fevereiro, março e abril de 2018 (originais e fotocópias) de todos os membros da família do candidato que possuam contas correntes e/ou poupança.

II. Para atividade rural:  1)  Extratos bancários de pelo menos três meses anteriores ao início das inscrições –  fevereiro, março e abril de 2018 (originais e fotocópias) de todos os membros da família do candidato que possuam contas correntes e/ou poupança.

III. Para aposentados e pensionistas: a) Extrato mais recente do pagamento de benefício (mês anterior à inscrição – abril 2018) (original e/ou fotocópia); 2)  Extratos bancários de pelo menos três meses anteriores ao início das inscrições – fevereiro, março e abril de 2018 (originais e fotocópias) de todos os membros da família do candidato que possuam contas correntes e/ou poupança.

IV. Para Trabalhadores Autônomos, Profissionais Liberais e Trabalhadores Informais: 1) Guias de recolhimento ao INSS com comprovante de pagamento do último mês (abril 2018), compatíveis com a renda declarada (original e/ou fotocópia); 2)  Extratos bancários de pelo menos três meses anteriores ao início das inscrições – fevereiro, março e abril de 2018 (originais e fotocópias) de todos os membros da família do candidato que possuam contas correntes e/ou poupança.

V. Para rendimentos de aluguel ou arrendamento de bens móveis e imóveis: 1) Contrato de locação ou arrendamento devidamente e/ou comprovante de recebimento dos três últimos aluguéis (originais e/ou fotocópias); 2) Extratos bancários de pelo menos três meses anteriores ao início das inscrições –  fevereiro, março e abril de 2018 (originais e fotocópias) de todos os membros da família do candidato que possuam contas correntes e/ou poupança.

VI. Para casos omissos ou não mencionados: 1) Qualquer documento que comprove a renda familiar (o mesmo será analisado pela comissão de seleção) ; 2) Extratos bancários de pelo menos três meses anteriores ao início das inscrições –  fevereiro, março e abril de 2018 (originais e fotocópias) de todos os membros da família do candidato que possuam contas correntes e/ou poupança.

  1. Para a comprovação da condição de Indígena e/ou Quilombola:

a) Autodeclaração do candidato (formato livre);

b) Declaração de sua respectiva comunidade sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por pelo menos 03 (três) lideranças reconhecidas;

c) Declaração da Fundação Nacional do Índio (Funai) que o estudante indígena reside em terras indígenas ou comprovante de residência em comunidade indígena; 4. Declaração da Fundação Cultural Palmares que o estudante quilombola reside em comunidade remanescente de quilombo ou comprovante de residência em comunidade quilombola.

Faça o download do Edital no link abaixo:

EDITAL_TRAVESSIA – CURSO PREPARATÓRIO

 

Anúncios

13 comentários em “Edital de seleção para o curso preparatório para pós-graduação Projeto Travessia”

    1. O curso é voltado para pessoas que se enquadrem nos critérios de cotas raciais e para outros grupos que tem tido o acesso sistematicamente negado ao ensino superior. Pessoas brancas não são o foco deste edital, entretanto estamos considerando um recorte de genero, assim pessoas brancas LGBTTQI podem ser selecionadas para este curso. Pessoas brancas, cis, que pertencem a classes abastadas, etc., não são o foco deste curso. Obrigada.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s